Carlos Dadoorian

Bio/CV

Carlos Dadoorian [Rio de Janeiro, RJ, 1964] é mestre em Estatística e atua como fotógrafo desde 2004. Participou de diversos cursos e workshops de fotografia, com destaque para os do Museu de Arte de São Paulo (MAM-SP) e do International Center of Photography (ICP) em Nova York.

Vive e trabalha em São Paulo


Individuais:


• 2011 - "dark room", Exposição com curadoria de Eder Chiodetto, Fauna Galeria, São Paulo, SP.


Coletivas:

• 2015 – Convidado para o 26o Festival de Curtas Metragens de São Paulo com a série “trilogia inconsciente”

• 2014 – I FestImagem de Águas da Prata com o trabalho “#espelhomeu”

• 2013 – “Tramas” no Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba

• 2012 – Vencedor do Prêmio Brasil de Fotografia na categoria “Pesquisas Contemporâneas” com o trabalho “Parabéns, São Paulo”

• 2012 - 3a. Mostra São Paulo de Fotografia, com a instalação “Parabéns, São Paulo”/”Oratório”.

• 2012 - 3a. Mostra São Paulo de Fotografia, com a instalação “Parabéns, São Paulo”/”Oratório”.

• 2011 - “Uma coisa são duas”, Galeria Ímpar, São Paulo.

• 2011 - "Geração 00 – A Nova Fotografia Brasileira", com a instalação, "sf/sm", São Paulo, SP.

• 2011 - "Enquanto fumo...", II Prêmio Contemporâneo Diário de Fotografia, Belém/PA.

• 2010 - "Do Desejo Inconfesso" com parte do trabalho "derek me jarman". Micasa, São Paulo, SP.

• 2010 - "sf/sm", instalação com fotografias e filme-fotografia, I Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia, Belém/PA.

2010 - participou da exposição "Percurso" com três fotos "Poesia em construção", Galeria Ímpar, São Paulo, SP.

• 2010 - "Do Espaço Estilhaçado" com duas fotos da série "fluxos" (São Paulo#1 e Rio de Janeiro #1). Micasa, Sao Paulo/SP.

• 2009 - 28o Arte Pará – Artista selecionado com o trabalho "derek me jarman", composto por 36 fotografias, Belém/PA.

• 2009 - "Da Gênese Convulsiva" com a obra "Ninho", projeto com curadoria de Eder Chiodetto que faz parte do ciclo "A Criação do Mundo". Micasa, São Paulo/SP.

• 2008 - 3o Festival Cinema & Cidade, Porto Alegre, RS, com o trabalho "Quase Todos os Dias São Paulo", dirigido e idealizado por Alberto Bitar. O projeto foi realizado por 16 fotógrafos. Ganhou o Prêmio do Juri desta edição.

• 2007 - 26o Arte Pará – artista selecionado com o filme-fotografia "para que estes saltos tão grandes?", Belém/PA.

• 2007 - Exibição do filme-fotografia "para que estes saltos tão grandes?", parte da "trilogia inconsciente", na Semana EPSON FNAC/FS da Fotografia, São Paulo e em Campinas, SP.

 

© 2012 by Carlos Dadoorian all rights reserved